Famato prestigia Feira Tecnológica de Cáceres

Agronegócio

Famato prestigia Feira Tecnológica de Cáceres

Famato prestigiou no final de semana a Agrotec, realizada durante a 51ª Expocáceres no Parque de exposições da cidade.
1229 acessos

A Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) prestigiou no final de semana a Feira Tecnológica de Cáceres (Agrotec), realizada durante a 51ª Expocáceres entre os dias 05 a 09 de outubro, no Parque de exposições da cidade.
 
O diretor de Relações Institucionais da Famato, Rogério Romanini participou do workshop de palestras sobre leite a pasto, e visitou a vitrine da carne no Núcleo Avançado de Capacitação do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR-MT), as oficinas de capacitação e as exposições de máquinas e implementos agrícolas.
 
Romanini destacou a importância do Sindicato Rural de Cáceres para a realização do evento. “O sindicato é o responsável pelo sucesso da maior feira de negócios da região oeste de Mato Grosso. Ao longo desses mais de 50 anos de fundação do sindicato e realização da primeira feira agropecuária, passaram homens e mulheres, produtores rurais compromissados com o setor, que tornaram esse sonho uma realidade. A sociedade cacerense sempre se lembrará de todos eles como desbravadores do campo do Pantanal”, disse Romanini.
 
De acordo com secretário de Políticas Agrícolas, Neri Geller, que também participou da feira, no sábado (8/10), a pecuária é a principal atividade econômica da cidade, que possui um dos maiores rebanhos de gado do Brasil.
 
Na oportunidade lideranças do setor agropecuário apresentaram a Geller algumas reivindicações. Entre elas a liberação urgente da hidrovia do Paraguai, apoio para a implantação da Zona de Processamento de Exportação (ZPE) na região e regularização fundiária. Lideranças bolivianas aproveitaram o momento para solicitar ao secretário apoio na construção da estrada Brasil/Pacífico.
 
Neri Geller disse que no momento o governo federal não disponibiliza de recursos financeiros para a construção da estrada requerida pelos bolivianos.
 
O superintendente Federal de Agricultura de Mato Grosso, José de Assis Guaresqui e o deputado estadual, Leonardo Albuquerque, anunciaram a reabertura dos frigoríficos de Araputanga e São José dos Quatro Marcos.
 
Geller falou das perspectivas de fechamento de acordos bilaterais para a transferência de tecnologias para o agronegócio no país. Segundo ele, o ministro da Agricultura, Blairo Maggi está participando de seminários e apresentando produtos do agro brasileiro para vários países do mundo. “Nosso objetivo é a consolidação de parceira entre esses países”, disse o secretário.
 
Para Romanini, o Brasil passa por um processo de redemocratização e de abertura de mercado para o mundo e Mato Grosso é um expoente nesse processo, já que é considerado o maior produtor de carne e grãos do Brasil.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink