Agronegócio

Famílias indígenas de Camaquã recebem agasalhos

As aldeias que receberam os donativos estão nas comunidades de Santa Auta, Bonito, Passo da Vitorina, Três Bicos e Pacheca. 
Por:
683 acessos

A Emater/RS-Ascar, juntamente com o Movimento Assistencial de Camaquã (MACAM), fizeram a entrega de agasalhos para 36 famílias residentes em aldeias indígenas do município de Camaquã, totalizando 176 pessoas entre adultos, jovens e crianças. As aldeias que receberam os donativos estão nas comunidades de Santa Auta, Bonito, Passo da Vitorina, Três Bicos e Pacheca. 

As entregas iniciaram na terça-feira (28/06) e se estenderam até sexta-feira (01/07), minimizando algumas das muitas dificuldades dessas famílias, que segundo a Professora Gisele da Silva Fagan, da escola Indígena Yvi ?a Poty, da localidade de Bonito. "Estes agasalhos e cobertores farão a diferença neste inverno", ressaltou

Segundo o Cacique da aldeia Guavirá Poty, Pedro Fernandes, e sua esposa, Maria Antônia Franco, as doações chegaram em boa hora.

A Emater/RS-Ascar está envolvida nesta ação do MACAM, segundo a extensionista da Emater/RS-Ascar no município, Noêmia Hahn Richter, devido ao trabalho permanente feito pela Assistência Técnica e Extensão Rural Social junto aos indígenas em busca de inclusão social e produtiva, segurança alimentar e acesso às políticas públicas nas aldeias. "Esta ação faz com que os donativos cheguem a todas as aldeias, resultando em um pouco mais de conforto a estas famílias, além de estreitar os laços de amizade e solidariedade", analisou 

Até agora foram entregues aproximadamente 930 peças de agasalhos selecionados e organizados, conforme tamanho e faixa etária, além de 100 cobertores.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink