Agronegócio

Famílias recebem orientações sobre pomares domésticos em Fagundes Varela

A atividade foi realizada no pomar de Célia Nonenmacher, na sede do município, e foi conduzida pelo engenheiro agrônomo da Emater/RS-Ascar, Valfredo Reali.
Por:
448 acessos

Na tarde desta quarta-feira (15/06), a Emater/RS-Ascar reuniu um grupo de representantes de 11 famílias de Fagundes Varela, com o objetivo de orientar a condução dos pomares para obtenção de frutos saudáveis e de qualidade para o consumo familiar. A atividade foi realizada no pomar de Célia Nonenmacher, na sede do município, e foi conduzida pelo engenheiro agrônomo da Emater/RS-Ascar, Valfredo Reali.

Na oportunidade, Reali transmitiu diversas orientações aos participantes, desde a preparação do terreno, a implantação e a condução inicial das mudas, a formação do pomar e o controle de pragas e doenças. Em seguida, o agrônomo também realizou a demonstração prática de poda em diversas frutíferas domésticas, como as fruteiras cítricas, o pessegueiro, o caquizeiro e a ameixeira. De acordo com ele, o objetivo de podar as fruteiras é estabelecer um equilíbrio entre a vegetação e a produção, eliminar ramos doentes ou improdutivos e, assim, obter frutos de qualidade para a família todos os anos.

Após, o engenheiro agrônomo da Emater/RS-Ascar, Leandro Ebert, apresentou um modelo de armadilha caseira inteligente, adaptado pela Extensão Rural e Social em Fagundes Varela, visando à captura da mosca das frutas, a qual vem ocasionando a queda dos frutos nos pomares utilizados para o autoconsumo das famílias. De acordo com Ebert, nesse modelo, com o uso de um suco atrativo, a mosca entra na armadilha, voa para cima e fica aprisionada na parte superior. "A vantagem desse modelo é que como as moscas não caem no suco, preserva-se o aroma e a cor do suco atrativo por mais tempo, necessitando assim, de menos manutenção do que os modelos tradicionais", explica. 

A ação faz parte da "Campanha de Mudas Frutíferas", realizada pela Emater/RS-Ascar em Fagundes Varela e que visa promover o autoconsumo de frutas no município.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink