FAO: carnes tiveram ligeira melhora de preço em dezembro

Pecuária

FAO: carnes tiveram ligeira melhora de preço em dezembro

Fato raro, as três principais carnes comercializadas internacionalmente – de frango, bovina e suína – fecharam 2018 com ligeira melhora de preço no mês
Por:
72 acessos

Fato raro, as três principais carnes comercializadas internacionalmente – de frango, bovina e suína – fecharam 2018 com ligeira melhora de preço no mês. Em dezembro, o incremento maior foi o da carne suína (+1,55%). Que, ainda assim, continuou registrando valor inferior aos alcançados no mesmo mês de 2016 e 2017 (quedas de, respectivamente, 5,79% e 8,53%).

O preço da carne de frango experimentou valorização mensal de quase 1% no último mês de 2018. Mas ao mesmo tempo que isso representou incremento de 3,61% sobre dezembro de 2016, ficou 3,59% abaixo do registrado ao fim de 2017. De toda forma, carne suína e de frango não ficaram sozinhas, pois o preço da carne bovina também recuou (pouco mais de 2,5%) em relação a dezembro/17. E, como o frango, valorizou-se 5,73% em comparação ao final de 2016.

Por sinal, apenas a carne bovina conseguiu alcançar no ano, ainda que em margem mínima, aumento no preço médio: +0,23%. Para a carne de frango o preço médio recuou quase 5% em relação a 2017, enquanto que para a carne suína a queda ficou em 8,2%.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink