FAO avalia regras para agricultura orgânica


Agronegócio

FAO avalia regras para agricultura orgânica

Por:
2 acessos

A Agência das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), a Uncad (Comérico e Desenvolvimento) e a Federação Internacional dos Movimentos de Agricultura Orgânica lançaram a Força-Tarefa Internacional para Harmonização e Equivalência na Agricultura Orgânica. A organização, que tem sede em Nuremberg (Alemanha), pretende ser uma plataforma de diálogo entre a sociedade e os setores público e privado envolvidos no comércio e da regulação das atividades na produção orgânica. O objetivo é facilitar o comércio de bens agrícolas cultivados sem o emprego de agroquímicos.

Para o início das atividades, haverá revisão dos padrões e regulações existentes e de formas de facilitar o acesso aos mercados orgânicos, em especial para países em desenvolvimento. De acordo com um comunicado de Unctad, a força-tarefa surgiu da necessidade de os produtores orgânicos superarem as dificuldades em relação às diferentes regulações, padrões e etiquetagem em todo o mundo. A idéia da criação foi lançada após a realização de uma conferência entre as três entidades.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink