Fazendeiros criam patrulha para garantir segurança

Agronegócio

Fazendeiros criam patrulha para garantir segurança

Por:
226 acessos

Na região de Guarapuava (Centro-Sul do Paraná), a vigilância privada se expande cada vez mais no meio rural. Fazendeiros pagam para garantir segurança em armazéns de grãos e insumos, que se tornaram alvo de assaltos. Áreas em que só moram funcionários estão sendo monitoradas eletronicamente. Os empregados são orientados a não reagirem, mas a chamarem a viatura particular quando notarem movimentação estranha. O latido dos cães é o primeiro alerta. Em minutos, os vigilantes chegam para verificar o que está ocorrendo. “A polícia levaria até uma hora para atender o chamado”, diz um fazendeiro da região de Entre Rios que preferiu não se identificar. Ele conta que gasta cerca de um salário mínimo por mês com o sistema.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink