Fecoagro indica recuo no custo da saca de milho

Agronegócio

Fecoagro indica recuo no custo da saca de milho

Queda na venda de sementes e insumos sinaliza redução na área plantada com o grão
Por:
501 acessos

O custo para produzir uma saca de 60 quilos de milho na safra 2009/2010 recuou 11,16% e passou de R$ 22,39, em outubro de 2008, para R$ 19,89, em julho. Os números foram divulgados na sexta-feira(14) pela Fecoagro. A redução de custo de fertilizantes, defensivos e diesel foi o principal fator, explica o economista Tarcísio Minetto. Especialistas avaliam que a queda será insuficiente para reverter o desânimo no campo, já que o preço pago pelo grão caiu para R$ 17,22, 23,87% inferior ao de 2008.

O cenário se reflete na menor procura por sementes e insumos. De acordo com a Apassul, até 30 de junho, foram vendidas 143 mil sacas de 20 quilos de sementes no Estado, contra 260 mil sacas no ano passado. O presidente da Apassul, Narciso Barison Neto, considera que o mercado indica redução de 20% na área, que foi de 1,309 milhão de hectares em 2008. 'Acredito que a decisão do produtor já foi tomada.'

A Emater conclui o primeiro levantamento de intenção de plantio no final deste mês. O agrônomo Dulphe Pinheiro Machado diz que é prematuro estabelecer um percentual, mas não aposta em queda brusca, devido à necessidade de rotação de culturas. 'É só um palpite, mas não acredito em redução de área superior a 10%.' O presidente da Comissão de Grãos da Farsul, Jorge Rodrigues, prevê área 50% menor e sinaliza migração para a soja.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink