Feijão certificado chega às prateleiras em Curitiba
CI
Agronegócio

Feijão certificado chega às prateleiras em Curitiba

A cidade é a primeira a ter feijão com selo de qualidade á venda nos supermercados
Por: -Janice
A cidade é a primeira a ter feijão com selo de qualidade á venda nos supermercados

Consumidores de Curitiba e Região Metropolitana já encontram feijão certificado nas prateleiras dos supermercados. A marca Pé Vermelho, da capital, começou nesta semana a distribuição de feijão preto com selo de qualidade conferido pelo Instituto Brasileiro do Feijão (Ibrafe).

Segundo José Aparecido Gonçalves Ferreira, um dos proprietários da marca, o feijão pode ser encontrado em diversas redes e, em breve, outras variedades serão colocadas à venda. “Dentro de dez dias o carioca com a certificação também estará no mercado”, confirma.

Nesta semana foram lançadas, também, as novas embalagens com a certificação de qualidade de duas marcas do Rio Grande do Sul: Caldo de Ouro, da Cooperativa Nova Palma, e Namorado, da SLC Alimentos.

As marcas estarão à disposição dos consumidores conforme ocorrer a reposição dos estoques.

Para o presidente do Conselho Administrativo do Instituto Brasileiro do Feijão, Marcelo Eduardo Lüders, o selo vai ajudar o consumidor a comprar. “O 100% Feijão vai garantir, primeiro, a qualidade, segundo a constância ao longo do tempo desta qualidade”.

O selo estará estampado nas embalagens de feijão para facilitar a identificação das marcas que se preocupam com as boas práticas de fabricação e garantir a classificação correta do alimento na embalagem do produto, o que confere segurança ao consumidor.

As informações são da assessoria de imprensa do Instituto Brasileiro do Feijão.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink