Feijão em fartura no Sergipe

Agronegócio

Feijão em fartura no Sergipe

Os produtores sergipanos colherão uma boa safra do grão. A única preocupação é com o preço pago pela saca
Por:
300 acessos

A chuva ajudou e os produtores de feijão de Sergipe colherão uma boa safra. A única preocupação é com o preço pago pela saca do grão.

O município de Poço Verde , no centro-sul de Sergipe, é o maior produtor de feijão do Estado. Este ano, a chuva foi generosa na região.

"Graças a Deus foi bom. Chuva boa e deu certinho para colher o milho bom e o feijão bom também", avaliou o agricultor José Raimundo dos Santos.

O plantio começou em maio. A colheita vai de agosto a setembro. A área plantada este ano é quase 40% maior que a do no passado. A colheita, de oito mil toneladas do grão, deve superar em 25% a de 2008.

O agricultor José de Jesus já colheu as primeiras 60 sacas. Agora, aproveita o sol para secar o produto. "Da um dia de sol, a gente vai botar na pedra para espalhar e poder enxugar. Depois, ensaca e pesa para poder vender", explicou.

Pela saca do feijão de 60 quilos os agricultores estão recebendo uma média de R$ 80.

A colheita em Sergipe está no início. Os agricultores temem que com o aumento da oferta os preços caiam ainda mais. A esperança é que a Conab comece a comprar o grão para ajudar a estabilizar o preço.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink