Feira em Hulha Negra fomenta comercialização de produtos locais
CI
Imagem: Divulgação
EVENTO

Feira em Hulha Negra fomenta comercialização de produtos locais

O evento teve a participação da secretária Municipal de Agropecuária
Por:

Promovendo a segurança alimentar dos agricultores familiares, o Escritório Municipal da Emater/RS-Ascar de Hulha Negra, em parceria com a Prefeitura e o Centro Universitário da Região da Campanha (Urcamp) de Bagé, promoveu na última sexta-feira (16/10) a Feira do Produtor de Hulha. O evento teve a participação da secretária Municipal de Agropecuária, Janice Silveira, e a extensionista rural, Cármen Elisete Caceres Leite.

Realizada quinzenalmente, nesta edição a feira contou com as ofertas de legumes, verduras e panificados da Agroindústria Tia Zane e do Pillar Artesanato no comércio de rapaduras de leite e do artesanato em lã, tendo as bancadas e local para exposição dos produtos oportunizados pela Secretaria Municipal de Agropecuária.

Para Eliziane Outeiro Câmara, proprietária da agroindústria Tia Zane, a feira se torna ótima fonte de renda na pandemia, pois antes, o foco da comercialização dos seus produtos era as escolas. A gente, juntamente as gurias da Emater, voltamos a fazer a feira para movimentar. Hulha Negra é o município onde comecei e retornei a fazer feira e as pessoas sempre me acolheram, meus produtos chegam na casa deles muito bem recebidos.

Durante a feira, foram feitas recomendações relativas à educação alimentar para os agricultores familiares, pela professora Gabriela Shierman e a estudante Beatriz Baumgartz Mota, do curso de Nutrição da Urcamp de Bagé. A produção orgânica e a utilização de alimentos minimamente processados na alimentação diária dos consumidores são temas orientados através de folders sobre a composição dos legumes e verduras comercializados no varejo.

Segundo Gabriela, as orientações são importantes para a valorização do que é plantado e consumido de forma natural, visando a uma alimentação saudável, o que auxilia na prevenção de doenças e contribui para a economia local. Essa orientação também foi desenvolvida pensando na Covid19, para explicar como as hortaliças devem ser higienizadas, informa.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink