Agronegócio

Feira Nordestina dos Canavieiros começa hoje e termina quarta

O evento será realizado na Associação dos Fornecedores de Cana de Pernambuco (AFCP). A expectativa é de movimentar cerca de R$ 3 milhões
Por:
408 acessos
O evento será realizado na Associação dos Fornecedores de Cana de Pernambuco (AFCP). A expectativa é de movimentar cerca de R$ 3 milhões.De hoje até quarta-feira (25), Recife receberá a 2ª Feira Nordestina dos Produtores de Cana (Norcana) – evento de negócios do setor canavieiro de toda a região, voltado para 21 mil pequenos, médios e grandes plantadores. 


A Norcana tem como objetivo principal reduzir os custos de produção do agricultor na hora dele adquirir os produtos necessários para o início da safra. “Todos os participantes terão a oportunidade de adquirir insumos e ferramentas para os tratos e renovação da safra da cana, por preços abaixo do valor de mercado”, diz Alexandre Andrade Lima, presidente da AFCP.

Palestras

O mundo dependerá, cada vez mais, da oferta de produtos brasileiros face os seus menores custos de produção. Este é o cenário futuro para o setor canavieiro nos próximos anos. A avaliação é do presidente da Associação Brasileira do Agronegócio, Caio Carvalho. O executivo falará dessa perspectiva na abertura oficial da Norcana, hoje, às 18h. Segundo Carvalho, a produção nacional canavieira deve aumentar 50% até 2022, e em 2030, a produção atingirá 100% de incremento.


Outra palestra de ampla notoriedade entre os canavieiros deve ser a do professor da Universidade Federal de Viçosa, Flávio Pereira. O docente falará sobre uma tecnologia inovadora e sustentável ecológico e economicamente, onde substitui parte da área plantada com cana por florestas de acácia. A palestra será realizada na terça-feira (24), às 16h.

Outros temas integram o ciclo de palestras da Norcana. “Todas estão voltadas para o desenvolvimento do segmento canavieiro”, lembra o gerente comercial da Cooperativa de Produtores da AFCP, Hermano Interaminense. Antes da palestra do professor Flávio Pereira, na terça, às 15h, Rodrigo Grabalos, representante da Yara Brasil, mostrará como está o mercado de fertilizantes.


Na quarta-feira (25), último dia da Norcana, às 15h, a meteorologista Francis Lacerda, do Instituto Agronômico de Pernambuco, apresenta a previsão climática para os próximos meses na região. Às 16h, Wagner Pires, consultor da DTA, fala sobre o manejo de pastagem. A última palestra da feira, às 17h, tratará sobre uma nova alternativa de corte da cana em áreas íngremes. O palestrante será o diretor Agrícola do Grupo EQM, José Heleno.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink