Fepagro, Emater e FAO projetam ações para o Ano Internacional das Leguminosas

Agronegócio

Fepagro, Emater e FAO projetam ações para o Ano Internacional das Leguminosas

Planejar ações para o Ano Internacional das Leguminosas, estabelecido pela FAO foi o motivo da reunião que ocorreu entre representantes de instituições.
Por:
379 acessos

Planejar ações para o Ano Internacional das Leguminosas, estabelecido pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), foi o motivo da reunião que ocorreu na terça-feira (5) entre representantes da Fundação Estadual de Pesquisa Agropecuária (Fepagro), Emater/RS-Ascar, FAO e outras instituições na Emater/RS-Ascar.

Segundo o diretor técnico da Fepagro, Carlos Oliveira, ficou acertado que, durante a programação da Fundação na Expointer, haverá o “Dia das Leguminosas”, onde serão debatidos a pesquisa, a extensão, a produção e o consumo de leguminosas.

Já a Emater/RS-Ascar se comprometeu a inserir o tema em seus programas de rádio e televisão ao longo do ano.

Estiveram presentes ao encontro também o oficial de programas da FAO, Carlos Biasi; e representantes do Conselho Regional de Nutricionistas, da Câmara Setorial do Feijão na Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação, e da Emater/RS-Ascar.

2016 – Ano Internacional das Leguminosas

A finalidade do Ano Internacional das Leguminosas é conscientizar a população sobre cultivos essenciais para a agricultura sustentável e a nutrição. Entre eles: feijão, lentilha, ervilha, soja, feijão guandu, fava, grão-de-bico, broto de alfafa e amendoim.

E por que as leguminosas são importantes? De acordo com a FAO, porque contribuem para a segurança alimentar em todos os níveis; são uma fonte fundamental de proteínas vegetais, aminoácidos e outros nutrientes; são recomendadas para prevenir doenças crônicas e a obesidade; sua capacidade para fixar o nitrogênio pode melhorar a fertilidade do solo e reduzir a pegada de carbono.
 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink