Fepagro e Agas querem qualificar fornecedores de hortifrutigranjeiros para supermercados

Agronegócio

Fepagro e Agas querem qualificar fornecedores de hortifrutigranjeiros para supermercados

objetivo é trabalhar junto aos produtores rurais
Por:
312 acessos

Objetivo é trabalhar junto aos produtores rurais

A Associação Gaúcha de Supermercados (Agas) quer qualificar os fornecedores de produtos hortifrutigranjeiros para os supermercados do Rio Grande do Sul. Para tanto, convidou a Fundação Estadual de Pesquisa Agropecuária (Fepagro) e outras instituições para fazerem parte de um grupo técnico. Reunião nesse sentido ocorreu na semana passada. A ideia é elaborar um plano de ação conjunto que visa construir estratégias de qualificação da produção e fornecimento de alimentos seguros à sociedade gaúcha. Segundo o diretor da Agas, Eduardo Cidade, o objetivo é trabalhar junto aos produtores rurais: “Eles conhecem seu trabalho, sabem plantar e colher, mas há uma carência em termos de gestão do negócio”.

O diretor técnico da Fepagro, Carlos Oliveira, salientou a relevância da iniciativa de reunir atores do setor público e privado para debater um tema que atinge a todos. “Assim, cada instituição pode contribuir para melhorar ainda mais a qualidade dos alimentos produzidos e ofertados no Rio Grande do Sul.

Durante o encontro, o gerente comercial da WQS Certificações - empresa de São Paulo que coordena o Projeto 3P do Grupo Walmart -, André Tanzi, salientou o perfil dos produtores de hortifrutigranjeiros no Rio Grande do Sul. Conforme ele, há um predomínio de produtores da agricultura familiar, e 46% dos fornecedores têm rendimentos anuais de até R$ 100 mil. “Esse percentual é muito maior que os demais estados em que trabalhamos”, avaliou.

A diretora da Food Design - empresa de consultoria especializada para a cadeia de alimentos -, Ellen Lopes, enfatizou que a segurança dos alimentos não pode ser uma vantagem competitiva, mas sim, uma responsabilidade compartilhada por todos os atores da cadeia de produção e distribuição.

Participam do grupo técnico, além da Fepagro: Secretaria da Agricultura Pecuária e Irrigação; Emater/RS-Ascar; Secretaria do Desenvolvimento Rural Pesca e Cooperativismo; Ceasa; Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento; Sebrae e varejistas.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink