Fepagro participa do sequenciamento genético de bactéria fixadora de N
CI
Agronegócio

Fepagro participa do sequenciamento genético de bactéria fixadora de N

O artigo do anúncio do genoma (Genome annoucement) foi publicado no periódico Journal of Bacteriology
Por:
Os pesquisadores doutores Anelise Beneduzi e Luciano Kayser, da Fundação Estadual de Pesquisa Agropecuária (Fepagro), finalizaram, recentemente, o primeiro sequenciamento do genoma da bactéria Gram positiva fixadora de nitrogênio – Paenibacillus riograndensis. O artigo do anúncio do genoma (Genome annoucement) foi publicado no periódico Journal of Bacteriology.


Segundo os pesquisadores, as bactérias pertencentes a este gênero estão entre os microrganismos mais largamente distribuídos nos solos e tem papéis significativos nas comunidades microbianas. “Elas podem ser encontrados livremente nos solos ou associados com plantas e tem potencial aplicação em diferentes campos da biotecnologia agrícola como inoculantes para lavouras”, afirmam eles.

A fixação biológica de nitrogênio tem sido descrita em várias espécies deste gênero e algumas espécies são candidatas promissoras para inoculantes de lavouras. "Não somente por sua habilidade em fixar nitrogênio, mas também por sua capacidade de promover o crescimento vegetal através da produção de fito-hormônios e substâncias antimicrobianas", explicam os cientistas.

Paenibacillus riograndensis é uma nova espécie de rizobactéria que foi caracterizada no estudo. A bactéria foi isolada da rizosfera de trigo cultivado em São Borja. O genoma sequenciado pela Fasteris SA faz parte dos projetos do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Fixação Biológica do Nitrogênio.

Participaram do trabalho os pesquisadores Samanta Campos, Adriana Ambrosini, Rocheli de Souza, Camille Granada, Pedro Costa, Letícia Arruda, Fernanda Moreira e Luciane Passaglia, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs); e Vinícius Weiss, Eduardo Tieppo, Helisson Faoro, Emanuel Souza e Fábio Pedrosa, da Universidade Federal do Paraná (UFPR). 

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.