Agronegócio

Ferrugem atinge 19 municípios de Mato Grosso do Sul

Chapadão do Sul se mantém no topo da lista da doença com 14 casos relatados
Por: -Cícero Faria
9 acessos

O mesmo clima que traz esperança de uma grande safra de soja para o Mato Grosso do Sul na safra 2006/07 está provocando o alastramento da ferrugem asiática, já presente em 19 municípios com 64 ocorrências até ontem (09-01). Chapadão do Sul se mantém no topo da lista da doença com 14 casos relatados, segundo o Sistema de Alerta da Embrapa Soja, de Londrina. No Brasil são 298 ocorrências.

O chefe do Laboratório de Fitopatologia do Núcleo de Ciências Agrárias da UFGD, Walber Gavassoni, disse ontem ao Correio do Estado que "em Dourados temos cinco casos relatados. Mas isso não significa que a doença não esteja presente em outras lavouras. Somente nessa terça-feira identificamos mais cinco casos de ferrugem na região".

Ele admitiu que a situação melhorou em relação à safra passada por causa dos cuidados dos agricultores no monitoramento da cultura. Isso tem permitido que a ferrugem seja controlada com apenas uma aplicação. Em Dourados haviam sido identificados 25 focos até meados de janeiro do ano passado, enquanto em 2007 foram relatados apenas cinco até agora.

As pancadas de chuva têm sido diárias em toda a região de Dourados neste início de ano. Do dia 1º até a segunda-feira, a Embrapa Agropecuária Oeste registrou a precipitação de 48,8 milímetros. Mas esse índice varia de uma área para outra. O clima cria as condições propícias para a proliferação da ferrugem asiática.

As ocorrências da doença se distribuem mais no centro-sul do Estado. Em Maracaju foram confirmados seis focos; em Dourados, Tacuru e Itaquiraí, cinco, em cada município; em Laguna Carapã e Ponta Porã, quatro cada um; em Naviraí e Sidrolândia, três cada; em Aral Moreira, Fátima do Sul e Antônio João, dois casos cada um; e com apenas uma ocorrência, Jardim, Caarapó, Rio Brilhante, Paranhos, Itaporã e Coronel Sapucaia. No norte os casos foram relatados em Chapadão do Sul (14) e Costa Rica (3).

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink