Fiscais federais comunicam que vão continuar em greve

Agronegócio

Fiscais federais comunicam que vão continuar em greve

O Ministério da Agricultura divulgou nota oficial nessa sexta-feira sobre a situação
Por:
36 acessos

Os representantes da Associação Nacional dos Fiscais Federais Agropecuário (Anffa) comunicaram ao governo federal que vão continuar com a paralisação, suspendendo negociação para a reposição salarial, embora o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) continue aberto ao diálogo. De acordo com a legislação a paralisação não pode ser total. Pelo menos 30% do efetivo da categoria tem que continuar desenvolvendo suas atividades normalmente.

O Mapa conta, além do efetivo de 30%, (do total de 3.514) com mais 900 fiscais comissionados e 374, em estágio probatório, o que representa 50% da força de trabalho. Autoridades do Ministério acreditam que com um esforço adicional, de remanejamento de fiscais agropecuários, os efeitos da paralisação serão minimizados sem trazer qualquer reflexo negativo ao abastecimento interno ou mesmo as exportações.

Diante dessa decisão o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Reinhold Stephanes, atendendo solicitação do governador do Amazonas, Eduardo Braga, determinou a publicação de Portaria delegando para aquele estado, e com a supervisão da Secretaria de Defesa Agropecuária (SDA) do Mapa, desenvolver ações de defesa, vigilância, inspeção e fiscalização agropecuária.

Vale destacar que governadores de outros estados já estão se manifestando a fim de evitar prejuízos agropecuários, tendo em vista não ser possível o governo e o povo brasileiro ficarem reféns de uma categoria.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink