Fiscalização já apreendeu 152 t de carne ilegal em 2007 no RS
CI
Agronegócio

Fiscalização já apreendeu 152 t de carne ilegal em 2007 no RS

A grande maioria das apreensões tem ocorrido na fronteira com SC
Por:

A fiscalização estadual já apreendeu 152 toneladas de carne com osso ilegal no Rio Grande do Sul em 2007. O total corresponde a 65% da carne apreendida desde outubro de 2005, quando foram fechadas as fronteiras do Estado devido à ocorrência de focos de febre aftosa no Mato Grosso do Sul.

O aumento das apreensões de carnes com osso sem procedência este ano deve-se ao trabalho conjunto realizado pelas equipes das secretarias da Agricultura e Fazenda. "A ação combinada tem proporcionado um rigor maior na entrada de carne com osso no Estado, diminuindo os riscos de contaminação de doenças como a febre aftosa", afirma o secretário da Agricultura, João Carlos Machado.

A grande maioria das apreensões tem ocorrido na fronteira com Santa Catarina, no posto fiscal da Receita Estadual de Torres, na BR-101. "O local é a porta de entrada do Estado para o resto do país", explica Machado. Somente nesta semana foram apreendidas 21,3 toneladas de costela e agulha bovina sem procedência. Toda a carne foi inutilizada para consumo.

A Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) é responsável pela apreensão e inutilização de toda carga com osso que entra no Rio Grande do Sul, conforme a portaria 15/2007, que permite apenas o ingresso de carne desossada e maturada – com exceção do estado do Mato Grosso do Sul, cujo ingresso de todo tipo de carne é totalmente vedado.

Essa portaria foi criada para proteger o estado dos possíveis focos de febre aftosa. Na próxima terça-feira (20), às 14, na Seapa, acontece uma reunião da cadeia produtiva da carne para avaliar a vigência da medida.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink