Força Nacional seguirá na Amazônia
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,200 (0,72%)
| Dólar (compra) R$ 5,63 (0,59%)

Imagem: Mário Vilela/Funai

180 DIAS

Força Nacional seguirá na Amazônia

O trabalho envolve o combate ao desmatamento, extração ilegal e invasão de áreas
Por: -Eliza Maliszewski
84 acessos

O Diário Oficial da União desta quarta-feira (14) traz a publicação da prorrogação por mais 180 dias da atuação da Força Nacional de Segurança Pública  na Amazônia. Os militares atuam em apoio às ações do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

O trabalho ocorre nas unidades de conservação federais e envolvem o combate ao desmatamento, à extração ilegal de minério e madeira e à invasão de áreas.   As ações estão planejadas até 11 de abril de 2021. A Força Nacional atua no combate a crimes ambientais na Amazônia desde 2018 e, de lá para cá, o governo vem fazendo as prorrogações para manter o efetivo na região.

De acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) o desmatamento voltou a disparar na Amazônia em 2020. Dados de satélite revelam um aumento de 34% na taxa de derrubada da floresta entre agosto de 2019 e julho deste ano. Foram derrubados mais de 9,2 mil km2 de floresta, uma área equivalente a seis vezes o tamanho do município de São Paulo.

Na semana passada o governo federal lançou o Programa Conserv por meio do qual produtores que residem na Amazônia Legal receberão um pagamento para conservar matas que, por lei, poderiam ser derrubadas dentro de suas propriedades.  

VEJA: Produtores vão receber para não desmatar

O projeto-piloto já ocorre na cidade de Sapezal (MT). Os proprietários rurais que aderirem ao programa receberão pagamentos semestrais pela manutenção da vegetação, que variam de R$ 200 a R$ 400, aproximadamente, por hectare conservado, por ano, de acordo com as características ecológicas da localidade.
 

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink