Fort Dodge lança selo de certificação
CI
Agronegócio

Fort Dodge lança selo de certificação

Empresa avança no segmento de reprodutivas pesadas com produto de alta tecnologia para controle da doença de Gumboro e o Reovírus Aviário
Por: -Janice

Lançada há dois anos no mercado, a Poulvac Maternavac IBD Reo, vacina inativada contra doença de Gumboro e Reovírus aviário, segue conquistando espaço no segmento de reprodutoras pesadas. Atendendo aos pedidos de produtores de pintos que verificaram de maneira perceptível a melhora da saúde das aves em grupos vacinados, a Fort Dodge Saúde Animal desenvolveu um selo de certificação para identificar a progênie de aves reprodutoras vacinadas com Poulvac Maternavac IBD Reo. A identificação será na própria nota fiscal do produto, constando ainda o lote de matrizes que recebeu a vacina.

Diversos fatores propiciaram essa expansão. Produzida com alta carga antigênica, duas cepas de Gumboro e Reovirus, a vacina da Fort Dodge possui amplo espectro de proteção estimulando elevados títulos sorológicos, importantes para proteção passiva. Segundo Alberto Inoue, gerente de produto de aves e suínos da empresa, o diferencial desse produto está no sistema de manufatura, ou seja, no substrato laboratorial de cultivo do vírus que segue os exemplos da natureza. "Ao contrário de um sistema de manufatura artificial, na Poulvac Maternavac IBD-REO o antígeno de Gumboro é produzido a partir de tecidos da bolsa de Fabrício, por meio da tecnologia BTO ("Bursal Tissue Origin"). A utilização da base natural de replicação do vírus possibilita a produção de vacinas com maior capacidade de imunização e eficiência. Estudos realizados pela Unesp de Jaboticabal, com desafios experimentais do vírus de Gumboro G15 e G11 demonstraram proteção significativamente superior da progênie oriunda de aves vacinadas com Poulvac Maternavac IBD Reo quando comparada a vacina convencional de Gumboro, acrescenta Inoue.

doença de Gumboro e o Reovírus Aviários são considerados importantes agentes patogênicos no país e a imunidade materna é muito importante para prevenção da infecção precoce no campo. A aplicação nas aves matrizes responsáveis pela reprodução de frangos garante proteção a progênie do plantel. A transferência de imunidade ocorre pela gema do ovo, garantindo assim a defesa dos pintinhos e futuras aves.

O sucesso do produto pode ser traduzido pelos números. Para Paulo Lima, gerente de vendas da empresa, as vendas de Poulvac Maternavac IBD Reo em 2008 devem apresentar crescimento de 27,3% em relação aos volumes de 2007. "A Poulvac Maternavac IBD Reo é uma vacina produzida nos Estados Unidos e tornou-se uma das referências nesse mercado, onde as empresas líderes, hoje, não abrem mão de seu uso. A entrada do produto impulsionou a linha de vacinas inativadas para reprodutoras da Fort Dodge. As vendas cresceram 46% desde o lançamento da Poulvac Maternavac IBD Reo", explica Lima. As informações são da assessoria de imprensa da Fort Dodge.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.