Fórum vai discutir gargalos da logística na abertura da ExpoLondrina

Agronegócio

Fórum vai discutir gargalos da logística na abertura da ExpoLondrina

Fórum Brasil Agro será dia 4 de abril, às 9 horas
Por:
1392 acessos
O descompasso entre a produção de grãos brasileira e a infraestrutura de escoamento é o tema do Fórum Brasil Agro 2012-2022, que será realizado pela Cooperativa Integrada e Gazeta do Povo na abertura da ExpoLondrina, dia 4. O encontro, que terá transmissão ao vivo pelo site www.agrogp.com.br, reunirá especialistas no assunto para debater formas de eliminar gargalos e permitir que o país amplie sua participação no mercado global.

Terceiro maior exportador de alimentos do mundo, o Brasil é o país que tem mais condições de ampliar produção e atender à crescente demanda internacional, conforme a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO). O volume de soja e milho desta safra deve somar 155 milhões de toneladas, marca que, nas projeções oficiais, só seria alcançada em 2020. No entanto, o momento é uma encruzilhada. Para ser competitivo e sustentar a posição de destaque assumida em 2012, o setor terá de vencer uma série de desafios internos, impostos por anos de falta de planejamento e ausência de políticas de longo prazo.

“O planejamento do futuro do agronegócio passa por discussões que abrangem não apenas a atividade agrícola, mas todos os elos da cadeira produtiva, incluindo o mercado internacional”, afirma Giovani Ferreira, gerente do Núcleo de Agronegócio da Gazeta do Povo, responsável pela promoção do evento em parceria coma cooperativa Integrada e apoio da Organização das Cooperativas do Paraná (Ocepar) e da Federação da Agricultura do Paraná (Faep).

O presidente da Cooperativa Integrada, Carlos Murate, ressalta que os gargalos logísticos refletem na perda de competitividade do agronegócio brasileiro. “Da porteira para dentro, os produtores brasileiros são extremamente eficientes. No entanto, deixam de ser competitivos com os problemas do lado de fora das propriedades. Isso diminui e competitividade e onera toda cadeia produtiva.”
O volume da colheita atual de soja, estimado em 81,6 milhões de toneladas, era esperado para daqui cinco safras, conforme estudo de projeções de longo prazo elaborado do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). A estimativa oficial era de 70 milhões de toneladas de milho na temporada 2021/22. Porém, o país irá produzir 73,6 milhões de toneladas já na safra atual, segundo levantamento da Expedição Safra Gazeta do Povo.

Para o coordenador de Gestão Estratégica do Mapa, Derli Dossa, que fará uma das apresentações do Fórum, não adianta o Brasil continuar aumentando a produção se não consegue escoar a safra na velocidade que o mercado mundial exige. ”Mesmo assim é positiva a situação de produção no Brasil em função de pesquisa, indústrias processadoras, entre outros pontos.”

Entre os palestrantes, estão Abdon Juarez da Silva Dias, da Empresa de Planejamento e Logística (EPL),Fábio Carneiro Cunha, consultor em comércio exterior, e José Richa Filho, secretário estadual de Infraestrutura e Logística.

Serviço:

Fórum Brasil Agro 2012-2022
Da oferta à demanda, os desafios logísticos e oportunidades de produzir e exportar
Data: 4 de abril
Horário: 9 horas 
Onde: Parque Ney Braga, auditório Milton Alcover (Av. Tiradentes, 6275 –Londrina / PR)

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink