FPA emite nota de esclarecimento em relação à JBS

POLÍTICA

FPA emite nota de esclarecimento em relação à JBS

“Em 2009, a mãe da parlamentar estabeleceu contrato de parceria pecuária na exploração de um confinamento com a empresa JBS"
Por: -Leonardo Gottems
218 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente

A Frente Parlamentar para a Agropecuária (FPA) emitiu uma nota de esclarecimento sobre uma matéria do Jornal Folha de São Paulo que ligava a presidente da entidade e futura ministra da Agricultura, a deputada Tereza Cristina (DEM-MS), à empresa JBS. Intitulada “Parceira da JBS, ministra deu incentivos fiscais à empresa em MS”, a matéria foi divulgada no domingo (18.11). 

Por meio da nota, a deputada afirmou que nunca recebeu qualquer tipo de doação direta do grupo JBS para sua campanha, sendo que o recurso foi oi transferido via coligação partidária e aprovado pela Justiça Eleitoral. Além disso, ela disse também que elação comercial estabelecida pela família da deputada com a empresa JBS foi feita de forma legal e transparente, dentro da legislação. 

“Em 2009, a mãe da parlamentar estabeleceu contrato de parceria pecuária na exploração de um confinamento com a empresa JBS. No ano seguinte, em função de seu falecimento, o contrato passou à gestão de Tereza Cristina, na qualidade de inventariante de um condomínio de cinco irmãos”, diz um trecho do manifesto divulgado pela assessoria de imprensa da FPA. 

Nesse cenário, a nota explica que, quanto aos incentivos fiscais assinados à época em que ocupava a secretaria de Agricultura do Estado, a deputada cumpriu a legislação vigente e atuou em conformidade com as políticas de governo estabelecidos à época.  Além disso, ela disse que foram atribuídas cobranças indevidas sob a pasta da Agricultura. 

“Cabe ressaltar ainda, que medidas fiscais são de competência também da Secretaria de Fazenda do Estado e do Governo, não apenas da Agricultura, como sugere a matéria”, conclui o texto.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink