França quer boicote à soja brasileira
CI
Imagem: Marcel Oliveira
IMPASSE

França quer boicote à soja brasileira

Por ano a França compra cerca de 3 milhões de toneladas de farelo de soja do Brasil
Por: -Eliza Maliszewski

Sete grandes redes de supermercados da França anunciaram que não vão mais importar soja de fornecedores ligados a suspeitas de desmatamento a partir de 2021. Conforme informou a Agências Reuters tratam-se dos grupos Carrefour, Casino, Auchan, Lidl, Système U, Mousquetaires e Leclerc.

Os supermercados querem barrar a soja brasileira do Cerrado onde estariam os focos de desmatamento ilegal. Por ano a França compra cerca de 3 milhões de toneladas de farelo de soja do Brasil para a alimentação animal. Em 2019, a França foi o terceiro maior destino do farelo de soja brasileiro, com US$ 584,6 milhões de divisas geradas ao Brasil. Uma pesquisa recente mostrou que 9 de cada 10 franceses estão mobilizados contra o desmatamento e são a favor de ações concretas e firmes. 

Agora há uma cobrança pra que grandes tradders da oleaginosa do Brasil como Cargill, Bunge, COFCO e Louis Dreyfus se unam ao movimento. Elas não se pronunciaram.
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink