França receberá 1°carregamento de milho brasileiro

Agronegócio

França receberá 1°carregamento de milho brasileiro

O primeiro carregamento a ser desembarcado na França deverá chegar nesse sábado
Por:
164 acessos

Reuters - Um carregamento de milho brasileiro, o primeiro da temporada 2007/08 a ser desembarcado na França, deve chegar nesse sábado (25-08), na região da Bretanha, e mais embarques devem ocorrer posteriormente, afirmaram um importador e fontes do porto Lorient nesta quarta-feira (22-08). A francesa Glon, fabricante de ração animal, informou em um comunicado que o carregamento com 35 mil toneladas do cereal era uma resposta ao aumento recente nos preços dos grãos e que seria o primeiro de uma série.

A Glon acrescentou que a carga deveria chegar ao porto de Lorient no sábado. "Este carregamento será o primeiro de uma série de outras importações de grãos já contratadas pelos produtores de ração", informou a Glon. A França, maior produtor de milho da União Européia, não costuma importar milho, especialmente o brasileiro.

Na safra passada, os embarques totalizaram 70 mil toneladas, incluindo apenas 392 toneladas do Brasil, segundo informações da autoridade francesa ONIGC. Analistas estimam que os 27 integrantes da UE terão de importar entre 8 milhões e 10 milhões de toneladas de milho nesta temporada ante 5,6 milhões de toneladas na safra passada, para compensar a acentuada queda esperada na produção deste ano.

A consultoria francesa Strategie Grains prevê que a França importe cerca de 400 mil toneladas de milho de países não integrantes da UE nesta temporada. Problemas na colheita têm levado países europeus a importarem mais o milho brasileiro, especialmente porque o Brasil não cultiva variedades transgênicas, uma exigência dos consumidores europeus.

Essa é uma vantagem competitiva do Brasil em relação aos Estados Unidos, o maior exportador mundial de milho, que cultiva o cereal geneticamente modificado. Aproveitando os preços internacionais elevados, o Brasil deverá exportar em 2007 cerca de 8 milhões de toneladas de milho, o dobro do embarcado no ano passado.

No acumulado do ano até agosto, o país já vendeu para o exterior cerca de 5,5 milhões de toneladas de milho, segundo informação de uma corretora de São Paulo. De acordo com a programação de navios nos portos brasileiros, já estão nomeadas exportações de pelo menos 1,5 milhão de toneladas até o início de setembro.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink