França vê exportações de trigo caírem
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,182 (1,41%)
| Dólar (compra) R$ 5,58 (-0,66%)

Imagem: Paulo kurtz/ Embrapa

MUNDO

França vê exportações de trigo caírem

A FranceAgriMer previa uma queda acentuada nas exportações em 2020-21,
Por: -Leonardo Gottems
137 acessos

As exportações francesas de trigo mole em 2020-21 estão previstas mais baixas devido ao clima, informou a Reuters, citando dados da FranceAgriMer. As exportações francesas de trigo mole fora da UE são agora estimadas em 6,6 milhões de toneladas, abaixo da projeção inicial de 7,75 milhões de toneladas e 51% abaixo do recorde de 13,46 milhões de toneladas em 2019-20. 

A FranceAgriMer previa uma queda acentuada nas exportações em 2020-21, depois que a safra de trigo da França caiu cerca de um quarto este ano devido ao clima adverso, disse a Reuters. Estima-se que a França enviaria entre 1,5 milhão e 2,5 milhões de toneladas para a Argélia, bem abaixo dos 5 milhões de toneladas dos anos anteriores. 

As vendas para a China devem chegar a 1 milhão de toneladas, possivelmente até 2 milhões se o trigo francês continuar competitivo e a China tiver necessidades crescentes de uso humano e de ração, disse a Reuters. As exportações para o Marrocos, outro mercado tradicional para o trigo francês, foram estimadas em cerca de 1 milhão de toneladas, enquanto a África Ocidental importou entre 1 milhão e 1,5 milhão de toneladas do grão. 

As exportações de trigo mole esperadas para outros países da UE e Grã-Bretanha em 2020-21 foram revisadas para 6,4 milhões de toneladas. Os estoques de trigo mole no final desta temporada agora são projetados em 2,9 milhões de toneladas, em comparação com uma previsão inicial de 2,6 milhões. 

“As exportações de trigo macio da França para compradores fora da União Europeia devem cair 51% em relação ao ano anterior, depois que os agricultores  colheram a  menor safra em quatro  anos e  em meio às expectativas de  um  euro  mais firme,  disse  o  escritório  agrícola  francês durante uma videoconferência na quarta-feira", comentou a T&F Consultoria Agroeconômica. 

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink