FRANGO/CEPEA: Animal vivo se valoriza, mas preço da carne se estabiliza

Agronegócio

FRANGO/CEPEA: Animal vivo se valoriza, mas preço da carne se estabiliza

Na parcial do mês, frango vivo acumulou valorização na Grande SP
Por:
470 acessos

Os preços do frango vivo têm subido no mercado brasileiro neste início de julho. Na parcial deste mês (até o dia 10), o frango vivo acumulou valorização de 4% na média da Grande São Paulo, com o quilo cotado a R$ 2,21 na quinta-feira, 10.

Segundo pesquisadores do Cepea, o impulso para os preços do vivo vem principalmente da menor oferta de animais frente aos abates que estavam programados para o período. No mercado atacadista de frango, o ritmo de negócios não atingiu o esperado para um início de mês, o que tem resultado em aumento no volume estocado.


Com isso, os preços da carne praticamente se estabilizaram, chegando a registrar quedas pontuais em algumas regiões. Nessa quinta-feira, 10, tanto o frango inteiro resfriado como o congelado foram cotados na média de R$ 3,22/kg; o primeiro permaneceu praticamente estável em relação à quinta anterior, enquanto o segundo se valorizou ligeiro 0,4% no período, no atacado da Grande São Paulo.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink