Frango valoriza “cesta de animais vivos” em quase meio por cento
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,096 (1,24%)
| Dólar (compra) R$ 5,61 (0,12%)


Agronegócio

Frango valoriza “cesta de animais vivos” em quase meio por cento

Por:
508 acessos
Graças ao frango, a “cesta de animais vivos” (cujo valor corresponde ao preço pago ao produtor por 1 kg de frango, de boi e de suínos vivos) começou – pela primeira vez neste ano – a registrar variação positiva em relação ao mesmo dia do ano passado.


Mas, até agora, a valorização obtida é ínfima, permanece visivelmente aquém da inflação acumulada em 12 meses. Ontem, por exemplo, a “cesta” estava valendo R$10,73, ou seja, cinco centavos a mais que em 20 de junho de 2011.

De toda forma, repetindo, só o frango contribuiu para essa valorização (!). Pois enquanto seu preço é 15,2% superior ao de um ano atrás, a remuneração oferecida ao boi e ao suíno continua negativa, com reduções de 2,1% e 2,5%, respectivamente.

Porém, é sempre importante esclarecer que o ganho do frango é apenas aparente, resulta dos baixíssimos preços experimentados há um ano. E se, no momento, o produto está com uma remuneração menos defasada que a do boi e a do suíno é porque o setor vem reduzindo o volume produzido. Do contrário...



Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink