Frango

Frango vivo: alta em São Paulo e em Minas Gerais

O frango vivo foi insuficiente para atender a demanda observada,
Por:
17 acessos

Ontem, 23, o frango vivo ofertado tanto no interior paulista como no mercado mineiro foi insuficiente para atender a demanda observada, condição que deu ensejo a um reajuste de cinco centavos – o segundo consecutivo em São Paulo em dois dias de negócios; o primeiro em Minas depois de uma estabilidade que já durava mais de duas semanas.

Negociado agora nas duas praças por R$2,70/kg, o frango vivo retorna ao mesmo preço registrado há exatos sete meses. Mas os R$2,70/kg alcançados em 24 de março não tiveram sustentação, pois na ocasião os efeitos da Operação Carne Fraca, deflagrada uma semana antes, começaram a desabar sobre o mercado.

À primeira vista, esse e outros percalços enfrentados no corrente exercício já foram superados. Mas a reação atual ainda é efeito de tudo que ocorreu recentemente. E embora no momento se registre valorização de 8% em São Paulo e de 3,85% em Minas Gerais sobre os preços vigentes há 30 dias, persiste uma desvalorização de, respectivamente, 12,90% e 18,18% em relação ao que se praticava um ano atrás.

Mas não só isso. Pois, por exemplo, os R$2,70/kg ora alcançados em São Paulo, correspondem ao menor valor registrado nesta data nos últimos quatro anos. Ou seja: estão aquém não só do que foi registrado em 23 de outubro do ano passado (R$3,10/kg), mas também de idênticos dias de 2015 (R$3,00/kg) e de 2014 (R$2,80/kg).

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink