Frango vivo atinge o mais baixo patamar dos últimos seis meses


Agronegócio

Frango vivo atinge o mais baixo patamar dos últimos seis meses

A queda de preços nos mercados paulista e mineiro não cessa
Por:
841 acessos
A queda de preços do frango vivo nos mercados paulista e mineiro não cessa. Na segunda-feira, enquanto o produto sofria nova redução de cinco centavos no interior de São Paulo, em Minas Gerais enfrentava queda de dez centavos. Assim, os preços na abertura da segunda semana do mês ficaram em R$1,70/kg para os produtores paulistas e em R$1,60/kg para os produtores mineiros.


Esses são os mais baixos patamares dos últimos seis meses. Ou seja: retrocede-se agora ao início do segundo semestre do ano passado, ocasião em que o setor apenas começava a sair da crise que afetou profundamente a atividade no decorrer do segundo trimestre de 2011.


O gráfico abaixo ilustra claramente a situação atual do frango vivo comparativamente ao panorama observado um ano atrás. Em 2011, no dia 9 de janeiro, o produto registrava queda de cinco centavos em relação ao preço praticado 30 dias antes, em 9 de dezembro de 2010. Isso tanto em São Paulo como em Minas Gerais. Agora, no mesmo espaço de tempo, a queda é de cinqüenta centavos, dez vezes mais que há um ano. Mas apenas em São Paulo, porque em Minas Gerais a redução chega a setenta e cinco centavos (15 vezes mais). Ou oitenta centavos se considerarmos que entre 12 e 20 de dezembro o frango vivo mineiro foi comercializado por R$2,40/kg.


Aparentemente, baixas com essa amplitude são inéditas no setor.



Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink