Frente em defesa dos produtores de tabaco será lançada nesta quinta-feira (3)
CME MILHO (DEZ/20) US$ 3,676 (-0,11%)
| Dólar (compra) R$ 5,47 (1,26%)

Imagem: Marcel Oliveira

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Frente em defesa dos produtores de tabaco será lançada nesta quinta-feira (3)

Movimento, que visa promover debates sobre o setor e construir políticas públicas, teve apoio de 22 deputados estaduais
Por:
256 acessos

A Frente Parlamentar em Defesa dos Produtores e Produtoras da Cadeia Produtiva do Tabaco será instalada na Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul nesta quinta-feira, 3. Um ato, virtual, ocorre a partir das 19 horas.

O objetivo da frente, segundo o coordenador, deputado Zé Nunes (PT), é promover amplo debate sobre o setor produtivo, construir propostas de políticas públicas de fomento, assistência técnica e garantia de comercialização (com preço justo) do produto. Participam do movimento 22 deputados estaduais gaúchos.

Segundo Nunes, a importância socioeconômica do tabaco para toda a Região Sul do Brasil é indiscutível, em especial no Rio Grande do Sul. “O cultivo do tabaco, como base da economia, está presente em aproximadamente 220 municípios, sendo cultivado em 130 mil hectares, por 75 mil famílias e faz circular aproximadamente R$ 1,2 bilhão de recursos no Rio Grande do Sul”, informou.

A criação da Frente, lembra o deputado, foi um dos encaminhamentos da audiência pública realizada final do mês junho, quando os produtores, frustrados com o baixo índice de reajuste e com o método de classificação do tabaco adotado pelas empresas, alegaram não ter como arcar com compromissos com instituições financeiras e nem efetivar a próxima safra, e manifestaram que queriam ser ouvidos na classificação do produto e no levantamento de custos.

No Rio Grande do Sul, o tabaco teve participação de 10% no total das exportações. Os municípios de Santa Cruz do Sul e Venâncio Aires concentram o maior número de empresas do setor, constituindo o maior complexo de processamento de tabaco do mundo.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink