Frente fria mantém instabilidades
CI
Imagem: Gabriel Luan Rodrigues
AGROTEMPO

Frente fria mantém instabilidades

Há risco para vendavais e tormentas
Por: -Aline Merladete

Esta quarta-feira (27/04) será mais um dia de fortes instabilidades nos extremos do país. Este é um comportamento típico da época do ano.  No Sul, a aproximação de uma frente fria, eleva o potencial para chuvas intensas no extremo sul da região. Será mais um dia com alta probabilidade de chuvas intensas e eventos de tempo adverso, com destaque para os vendavais. 

Apesar disso, uma ampla área de alta pressão que atua como um bloqueio atmosférico na parcela central do Brasil, impede a formação das nuvens carregadas em uma grande área do território nacional. Atingindo desde estados da região sul até o nordeste. 

Outro destaque do dia, será as elevadas temperaturas e baixos índices de umidade do ar. E a combinação desses dois fatores acentuam a perda de umidade do solo e das plantas para o ambiente, acelerando o estresse hídrico no Brasil central.

Confira a plataforma completa de mapas aqui.

Saiba  a previsão para a sua cidade aqui.

Região Norte

As instabilidades tropicais mantêm um padrão de chuvas sobre a metade norte da região. Contudo, o bloqueio atmosférico que atua na parcela central do Brasil também provoca influências no tempo sobre a metade sul da região norte. Assim, a tendência será de uma um dia mais seco sobre o sul do PA, TO e RO. Algumas instabilidades poderão ocorrer sobre o AC e norte de RO, mas com uma distribuição mais irregular. As projeções indicam que os maiores volumes podem se concentrar na parcela central do AM, com valores acima dos 40 mm na grande região de Rio Negro e chuvas acima dos 30 mm na capital de RR,  Boa Vista.

Região Nordeste

As condições para chuvas seguem elevadas na costa da região. Os fatores que contribuem para isso são a presença de instabilidades vindas do oceano e do corredor de umidade que atua ao norte da região. Contudo, a parcela mais central terá o predomínio de tempo seco e com temperaturas elevadas. Os volumes podem ser expressivos no norte do MA, superando a marca dos 30 mm no decorrer do dia. Já em praticamente toda a costa leste da região, as chuva podem ocorrer a qualquer momento e de forma passageira. Mas que ao longo do dia podem resultar em acumulados significativos.  

Região Centro-Oeste

O bloqueio atmosférico firma o tempo em todas as áreas da região centro-oeste. Este bloqueio, comum da época do ano, impede a formação das nuvens carregadas. Além disso, há um movimento de descida do ar, que traz o ar seco de cima para baixo que também causa um aumento na temperatura por “compressão”. Desta forma, as temperaturas serão elevadas, com destaque para o oeste do MS, onde os termômetros podem superar os 37°C. Já os índices de umidade podem ser baixos em toda a região, com estado de atenção para o oeste do MS e sul do MT, onde estes índices podem ser inferiores aos 20% nos horários mais críticos.

Região Sudeste

O bloqueio atmosférico persiste atuando sobre a região, impedindo a formação das nuvens carregadas. Além do tempo mais seco, as temperaturas também seguem em elevação, inclusive com índices de umidade que podem ficar abaixo dos 20% no noroeste de MG. Esta condição de tempo seco e temperaturas mais elevadas, agrava a perda de água do solo e das plantas, potencializando os efeitos do estresse hídrico nas lavouras. Apenas no nordeste de MG e ES há condições para algumas pancadas de chuva fracas e passageiras, mas com volumes pouco significativos.

Região Sul

As instabilidades persistem na região, com destaque para o extremo sul. As chuvas serão provocadas pela presença de uma frente fria que atua no Uruguai e a combinação dos ventos mais intensos nas partes mais altas da atmosfera. Além disso, há um forte suporte de ar quente e úmido vindo da região amazônica, trazido pelos ventos conhecidos como Jatos de Baixos Níveis. Estas condições favorecem um ambiente altamente propício para tormentas e vendavais. Apesar disso, os volumes previstos ficam abaixo dos 40 mm e restritos à metade sul do RS. Entre o norte do RS, todo o estado de SC e PR a condição será de tempo seco e temperaturas elevadas para a época do ano. 

Veja os mapas destaques para hoje:

Chuva

Temperatura Máxima

Umidade Mínima



 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.