Agronegócio

Frente Parlamentar em Defesa do Etanol será lançada este ano

A principal bandeira é a desvinculação do etanol do preço da gasolina
Por:
178 acessos
A oferta de etanol está correndo o risco de entrar em colapso, principalmente por ter seu preço atrelado ao da gasolina, que está congelado para conter a inflação. Para tentar resolver os problemas do setor, que lista desativação de 38 usinas, além de 20 em recuperação judicial, com corte de 100 mil empregos nas duas últimas safras, será lançada em novembro a Frente Parlamentar em Defesa do Etanol. Terá pelo menos 220 deputados federais e senadores. Já conta com cerca de 100 assinaturas. A principal bandeira é a desvinculação do etanol do preço da gasolina, que é subsidiado à custa de pesados prejuízos da Petrobras, estimados em R$ 39,6 bi nos dois últimos anos.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink