Frigorífico de Guarujá do Sul (SC) pára abate de suínos

Agronegócio

Frigorífico de Guarujá do Sul (SC) pára abate de suínos

Um dos motivos para o fechamento da Diplomata foi o embargo russo
Por: -Darci Debona
44 acessos

A Diplomata interrompeu o abate de suínos no frigorífico de Guarujá do Sul. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (29-11) pela Rádio Peperi AM, de São Miguel do Oeste.

Em nota divulgada pela agroindústria, os motivos para o fechamento foram o embargo russo, a proibição de trazer suínos de outros estados e a necessidade de maior produção e ampliação das instalações para ganhar em escala.

Na semana passada, o diretor da empresa, Alfredo Kaeffer, já havia reclamado das dificuldades do setor. A Diplomata comprou o frigorífico de Guarujá do Sul neste ano, em leilão. O abate era de aproximadamente 700 suínos por dia.

O vice-presidente da Federação da Agricultura do Estado de Santa Catarina (Faesc), Enori Barbieri, disse que a situação da suinocultura tende a se agravar com o aumento de custos, devido a elevação no preço dos grãos.

Além disso, o embargo russo causa um excesso de carne no mercado interno, que derrubou o preço pago ao produtor. Barbieri também acredita que haverá desistências da atividade, pois a atual situação é inviável economicamente.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink