Fruticultura gera incremento de renda no Rio Grande do Sul

Agronegócio

Fruticultura gera incremento de renda no Rio Grande do Sul

O objetivo é complementar a renda dos agricultores da área fumicultora
Por:
1 acessos

A Emater deve iniciar, no segundo semestre deste ano, o plantio de algumas culturas em propriedades que irão servir de modelo para outras nas regiões dos vales do Rio Pardo e do Taquari. O objetivo é complementar a renda dos agricultores da área fumicultora.

A implantação do projeto de desenvolvimento da fruticultura e produção de hortaliças deverá ocorrer em parceria com a Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra) e com o apoio de secretarias municipais de Agricultura. O diretor executivo da Emater/RS e coordenador do Programa de Produção de Frutas e Hortaliças (Profruta), Afonso Hamm, afirma que este é um momento estratégico para fumicultura e é importante que o produtor desenvolva atividades associadas. Ele lembra experiências bem sucedidas já realizadas na área de fruticultura na região. O que prova que é possível associar as duas atividades, aumentando a renda das famílias.

O diretor secretário da Afubra, Romeu Schneider, explica que deve ser realizado um zoneamento da região para avaliar se o projeto é viável e como pode ser implantado para garantir o sucesso da experiência.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink