Agronegócio

Fruticultura terá menos recursos para financiamentos

O BB prevê desembolsar este ano R$ 678 milhões para o financiamento da produção e comercialização de frutas
Por: -Viviane Monteiro
2 acessos

O Banco do Brasil prevê desembolsar este ano R$ 678 milhões para o financiamento da produção e comercialização de frutas pelo BB Fruticultura que foi lançado neste ano. A cifra é um pouco menor do valor liberado no primeiro ano do programa - estimado em R$ 700 milhões, perfazendo 40 mil contratos.

Em 2006, até novembro, o Banco do Brasil liberou crédito de R$ 645 milhões, o equivalente a 34 mil operações realizadas para fomentar a fruticultura brasileira. O valor superou em 15% a meta programada para o ano, que era de R$ 616 milhões.

Diante disso, o gerente-executivo da instituição, Rogério Pio, acredita que a meta programada para 2007 poderá também ser superada a exemplo do que ocorreu em 2006. Isso pode acontecer, diz, porque as entidades de classes vêm realizando um trabalho "forte" para incentivar a produção principalmente no Nordeste. O gerente acrescenta que o mercado de frutas vem crescendo bastante no Brasil. "Com certeza vamos superar a meta’’, prevê Pio.

Os produtores de laranja principalmente de São Paulo são os principais demandadores por crédito para o financiamento da produção de frutas. Eles já representam 35% do total dos recursos destinados ao programa em 2006. Os produtores de uva, sobretudo de Rio Grande do Sul, em segundo lugar na tomada de crédito, respondem por 20% da totalidade. Os produtores de maçã de Santa Catarina ocupam uma fatia de 15%. Ou seja, são terceiro maior de recursos para expandir a fruticultura da região.

Segundo o executivo, a tendência para os próximos anos é que os produtores de laranja, de uva e maçã continuem sendo os principais demandadores do crédito na instituição financeira.

O BB Fruticultura é destinado a diversos integrantes da cadeia, atendendo desde mini, pequenos até os grandes produtores, cooperativas e agentes intermediários. A expectativa do banco é desembolsar até 2010 R$ 3,8 bilhões para a produção e comercialização de frutas.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink