Fundecitrus capacita professores sobre sanidade nos pomares

Agronegócio

Fundecitrus capacita professores sobre sanidade nos pomares

Por:
279 acessos

Programa de educação fitossanitária vai atingir 35 escolas agrícolas do Estado de São Paulo

O Fundo de Defesa da Citricultura (Fundecitrus) dará palestras sobre a sanidade dos pomares de citros para os professores do Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza (CEETEPS), nos próximos dias 23 e 24 de junho, na Estação Experimental de Citricultura de Bebedouro.

O objetivo de implantar o Programa Educação Fitossanitária em 35 escolas agrícolas do Estado de São Paulo. A parceria busca ampliar o número de profissionais habilitados para atuarem no setor, por meio do compartilhamento de informações.

De acordo com o supervisor do Fundecitrus Francisco Maschio, o primeiro passo a ser dado junto ao Centro Paula Souza é treinar os professores de todas as unidades paulistas para que eles sejam multiplicadores de informação. Depois dos treinamentos, o programa será transferido para os alunos das escolas técnicas. Se houver interesse dos diretores das instituições nos treinamentos e cursos, outro calendário poderá ser criado. “As programações serão montadas por módulos, atendendo sempre a grade curricular”, afirma Maschio.

A instituição iniciou o ciclo de palestras no Centro Educacional e Técnico (Cetec) Orlando Quagliato, em Santa Cruz do Rio Pardo, e também capacitou professores na Estação Experimental de Citricultura, em Cordeirópolis. As palestras, os cursos e os treinamentos incluídos no programa serão destinados a alunos do ensino médio de colégios agrícolas e alunos de graduação dos cursos de Agronomia e Biologia.

A programação busca mudar a mentalidade dos grupos envolvidos e conscientizá-los sobre a necessidade de se adotar novas posturas diante dos problemas fitossanitários da citricultura. Além de ensinar como fazer o descarte correto de embalagens de agrotóxicos, regulagens de maquinários e utilização de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual).

À princípio, o Programa Educação Fitossanitária será implantado nas escolas técnicas e, a médio prazo, em parceria com professores universitários, em faculdades de todo o Estado de São Paulo.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink