Fundecitrus promove plantio de mudas frutíferas em escolas de Pedregulho (SP)
CI
Imagem: Fundecitrus
FUNDECITRUS

Fundecitrus promove plantio de mudas frutíferas em escolas de Pedregulho (SP)

Plantas foram doadas por empresa produtora de laranja e fazem parte das ações externas contra o greening, pior doença da citricultura
Por:

As ações de conscientização sobre a importância da citricultura e sobre a gravidade do greening estão de volta às escolas, levando informações sobre a doença para crianças e adolescentes em diversas cidades. Nessa quarta-feira (23), o Fundecitrus visitou duas escolas em Pedregulho (SP), na região de Altinópolis, ao norte do parque.

Pedregulho é uma importante cidade produtora de laranja, onde a cultura emprega centenas de pessoas. Para manter sua competitividade, as ações externas contra o greening, já realizadas na zona rural em 2019, foram iniciadas agora na área urbana: elas se baseiam na substituição de plantas de citros e murtas (também chamadas de damas-da-noite) por outras espécies frutíferas e ornamentais não hospedeiras do inseto vetor do greening, que é considerada a pior doença da citricultura na atualidade.

Essas plantas de citros e murtas localizadas em quintais e calçadas são fonte de criação do inseto, o psilídeo, que consegue voar longas distâncias e migrar para os pomares comerciais, dificultando o controle da doença dentro das fazendas. Assim, a substituição dessas plantas contribui para manter o greening sob controle e para a sanidade da citricultura local.

Importância da citricultura e consciência ambiental

Nas escolas visitadas, os alunos primeiro assistiram a apresentações sobre o greening. Para facilitar a compreensão, a doença é comparada à dengue, reforçando a ideia de que ações isoladas não são suficientes e de que é preciso a participação também da população, com a troca de plantas doentes – os estudantes são importantes multiplicadores dessas informações, as levando para seus familiares e amigos.

Na escola estadual Prof. José Ribeiro de Barros, vizinha de uma fazenda de laranja, mais de 100 alunos do 6º ano ao 3º colegial participaram. No jardim, pés de limão com greening que funcionavam como fonte de contaminação foram substituídos por mudas de maracujá, jabuticaba, lichia, manga e carambola com a ajuda dos estudantes. 

“Nossos alunos têm familiares na citricultura e participar dessa ação nos permite levar informações úteis a eles sobre agricultura e citricultura, melhores formas de cultivar e cuidar, além de meio ambiente”, diz a diretora Maria Célia Caetano.

Envolvimento das crianças

Na escola municipal Maria Madalena Straiotto de Souza, cerca de 120 crianças de 4 a 10 anos também assistiram às apresentações, beberam suco, ganharam laranjas e participaram do plantio das mudas.

“A ação proporciona mais um momento de aprendizagem, de contato direto com o plantio e o incentivo ao cuidado com a natureza, além da identificação de muitos deles com o trabalho de seus pais nas fazendas produtoras de laranja da cidade”, comenta a diretora Luciana Blaya.

Todas as mudas plantadas nas escolas, o suco e as frutas foram doados pela principal empresa produtora de citros de Pedregulho, que doará também as mudas que serão oferecidas à população nas ações em parceria com o Fundecitrus.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.