Fundo minimiza risco de produção da atividade agrícola

Agronegócio

Fundo minimiza risco de produção da atividade agrícola

Carlos Roberto S. Corrêa fala sobre os desafios do Fundo de Estabilidade do Seguro Rural
Por: -Janice
305 acessos

O Fundo de Repartição de Perdas é uma ferramenta eficiente para atenuar e/ou diminuir o risco de produção da atividade agrícola. A afirmação é do especialista em Seguro Agrícola e colunista do Portal Agrolink, Carlos Roberto S. Corrêa.

Segundo Corrêa, o FRP garante a continuidade das operações das empresas que comercializam o Seguro Rural (agrícola, pecuária, pesca cultivada e florestas), no caso de ocorrência de perda generalizada por intempéries climáticas devendo garantir as indenizações dos sinistros. Este fundo irá substituir o FESR (Fundo de Estabilidade do Seguro Rural) criado em 1966. “O Seguro Agrícola possui vários conceitos que devem ser interpretados da maneira correta para que o produtor saiba o que esta recebendo (Apólice) em troca do pagamento de um valor (Prêmio)”, diz.

Fazendo referência ao estado do Rio Grande do Sul, Corrêa defende a implantação de medidas complementares baseadas em um “fator local” para atingir a meta de garantir de forma progressiva até a totalidade a produção agrícola do estado. Uma das medidas apontadas é a criação de uma Câmara Técnica do Seguro Rural, a qual aguarda a apreciação do Conselho Estadual do Desenvolvimento Rural Sustentável presidido pela SEAPPA.

Saiba mais sobre os Desafios do Fundo de Repartição de Perdas

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink