Ganho da porteira para dentro na lavoura apresenta alta de R$ 1,5 bi em relação a 2015

Agronegócio

Ganho da porteira para dentro na lavoura apresenta alta de R$ 1,5 bi em relação a 2015

Mato Grosso pode fechar o ano com ganho de R$ 1,5 bilhão na renda da porteira para dentro na agricultura
Por:
1003 acessos

Mato Grosso pode fechar o ano com ganho de R$ 1,5 bilhão na renda da porteira para dentro na agricultura. A lavoura é o que deverá segurar o crescimento do Valor Bruto da Produção (VBP) da agropecuária mato-grossense em R$ 71,511 bilhões, levemente acima dos R$ 70,778 bilhões previstos em 2015 no mês de outubro, mesmo com recuo do milho diante a quebra de safra. As projeções são da Secretaria de Política Agrícola (SPA) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

A perspectiva é que a agricultura registre ganhos de R$ 56,394 bilhões, valor este acima dos R$ 54,829 bilhões do ano anterior previsto em outubro. Deste montante R$ 32,008 bilhões tendem a ser provenientes da soja, com ganhos acima dos R$ 30,047 bilhões previstos para o ano anterior em outubro. 

Já o milho deverá fechar o ano com rentabilidade da porteira para dentro de R$ 9,766 bilhões, abaixo dos R$ 10,972 bilhões de 2015, porém acima dos R$ 9,440 bilhões de 2014. No algodão, conforme o Mapa, salto de R$ 10,835 bilhões para R$ 11,798 bilhões.

Pecuária

Ao contrário da agricultura, a pecuária deverá ter uma renda da porteira para dentro um pouco menor que a projetada para 2015 no mês de outubro. Para 2016 são previstos R$ 15,116 bilhões, valor abaixo dos R$ 15,948 bilhões do ano passado.

Na bovinocultura a renda deverá somar da porteira para dentro R$ 10,768 bilhões, enquanto a suinocultura R$ 735,7 milhões e o setor de aves R$ 2,292 bilhões.

Brasil

Para o Brasil o VBP projetado é de R$ 519,3 bilhões em 2016. O volume é 2,5% menor que o de 2015. O valor das lavouras teve queda de 1,9%, e o da pecuária, 3,7%.

Segundo o coordenador-geral de Estudos e Análises da SPA, José Garcia Gasques, “A redução de faturamento tem impacto decisivo no resultado de 2016”.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink