Garantir plantio é prioridade para governo, diz secretário de Política Agrícola
CI
Agronegócio

Garantir plantio é prioridade para governo, diz secretário de Política Agrícola

“O governo está sensível e sabe da importância da agricultura para o Brasil”, disse Guimarães
Por:

Estamos em Mato Grosso para ouvir o produtor, completar um diagnóstico e procurar resolver as questões de curto prazo para garantir o plantio da safra. A declaração é do secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária Abastecimento, Edílson Guimarães, que participou de reunião na sede da Associação Matogrossense dos Produtores de Algodão (Ampa), em Cuiabá, nesta quinta-feira (23). Guimarães e o diretor da Secretaria-Executiva do Mapa, Gerardo Fonteles, estão na capital do Mato Grosso para avaliar a concessão de crédito e o uso de tecnologia na lavoura da região, em decorrência dos efeitos da crise financeira internacional.

Conforme os produtores presentes na reunião, seriam necessárias duas medidas emergenciais para equacionar o principal problema no momento, que é falta de liquidez, para fazer o plantio da safra que começa em pouco mais de 30 dias. Uma delas é a liberação de R$ 500 milhões pelo Prêmio Equalizador Pago ao Produtor (Pepro), previsto para a safra 2008. Este ano, R$ 40 milhões, dos R$ 540 milhões programados, já foram pagos. De acordo com Guimarães, por problemas na documentação comprobatória da venda do produto, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) não liberou o restante dos recursos. “As informações que recebemos da Conab é que a situação foi normalizada e o Pepro poderá seguir com mais agilidade”, explica Guimarães.

A outra medida seria a criação de uma linha de crédito de US$ 500 milhões para irrigar as agências do Banco do Brasil que viabilizam os Adiantamentos de Contratos de Câmbio (ACC), necessários para garantir as exportações do setor. “Isso seria feito assim que os bancos estrangeiros e as tradings voltem a operar”, afirma o diretor-executivo da Ampa, Décio Tocantins.

Segundo o secretário de Política Agrícola, as sugestões serão analisadas com o ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, e a intenção é agir rápido. “O governo está sensível e sabe da importância da agricultura para o Brasil”.

No encontro, estavam presentes produtores de algodão dos municípios de Campo Verde, Primavera, Novo São Joaquim e representantes da maior cooperativa da região, a Cooperfibra, e do Instituto Mato-grossense de Algodão (IMA).


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.