Gaúchos também contestam reeleição de Kátia Abreu

Agronegócio

Gaúchos também contestam reeleição de Kátia Abreu

Painel Econômico por Danilo Ucha
Por:
1046 acessos
Alguns pecuaristas gaúchos, liderados pelo presidente do Sindicato Rural de São Gabriel e vice-presidente da Farsul, Tarso Teixeira, rebelaram-se contra a tentativa de reeleição da senadora Katia Abreu (PMDB-TO) na presidência da Confederação Nacional de Agricultura (CNA). Segundo Teixeira, ela começou bem, quando se elegeu, defendendo o setor rural, o agronegócio e a propriedade privada, mas, depois, traiu a classe, aderindo à presidente Dilma Rousseff (PT) e se tornando "aliada do MST e das ONGs que, antes, a chamavam de Miss Desmatamento". Diz que ela tem o direito de mudar de ideais, "mas isso não lhe dá o direito de querer continuar posando de defensora da livre iniciativa, menos ainda de querer, na surdina, retomar a presidência da CNA antes do segundo turno. Com qual intenção? Usar a corporação para tentar evitar a derrota anunciada do petismo? Não, senhora Kátia".

Kátia Abreu II

O problema é que Katia Abreu foi a única candidata a cumprir o estatuto da CNA e, até domingo, último dia, inscreveu a única chapa para disputar a presidência para o triênio 2014-2017. Desta forma, não haveria disputa na eleição marcada para hoje. Usei o condicional porque, na sexta-feira, dia 10, a Justiça concedeu liminar à Federação da Agricultura do Paraná suspendendo o pleito até nova decisão. Dirigentes do agro do Paraná, do Mato Grosso e de São Paulo contestam a candidatura alegando que Kátia Abreu, quando presidente da CNA, não prestou contas da utilização de cerca de R$ 70 milhões. Está prevista uma reunião entre as partes para o dia 21. A nova chapa de Kátia é apoiada por 24 das 27 federações de agricultura. Amanhã, a Farsul fará uma assembleia, em Porto Alegre, para tirar uma posição oficial. "Nossa posição tem respaldo de muitos líderes da classe e o debate está lançado", concluiu Tarso Teixeira.
 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink