Geada: previsão pode ser feita com antecedência

Geada

Geada: previsão pode ser feita com antecedência

No MS dados fazem a projeção já em dezembro
Por: -Eliza Maliszewski
159 acessos

É possível saber em dezembro a temperatura mínima será registrada em junho prevenindo as geadas no sul do Mato Grosso do Sul. O método foi desenvolvido por Danilton Flumignan, pesquisador da Emprapa Agropecuária Oeste.


O sistema é baseado em dados de chuvas medidos na estação agrometeorológica Guia Clima da Embrapa, em Dourados (MS)e da temperatura da superfície do mar da agência americana National Oceanic and Atmospheric  Adminsitration (NOAA). O índice tem 95% de confiança e pode prevenir os produtores quanto a incidência de geada e com que intensidade vai acontecer. Em maio é feita uma atualização, quando a geada é confirmada ou não.


O pesquisador salienta que as geadas são uma grande preocupação especialmente para quem planta milho safrinha. “Em junho a cultura ainda está em fase sensível de desenvolvimento e dependendo se vem forte pode prejudicar a produtividade”, reforça.


Para 2019 o pesquisador ressalta que, no sul de Mato Grosso do Sul, não devem ocorrer geadas. A temperatura mínima prevista em junho é de 10,9 graus. “ As geadas geralmente ocorrem abaixo do 4 graus e somente abaixo disso podem ser classificadas em baixa, moderada ou forte”, conclui.
 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink