Geada no último dia de inverno causa prejuízo a agricultores
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,200 (0,72%)
| Dólar (compra) R$ 5,63 (0,59%)

Imagem: Zelia Studzinski

AGROTEMPO

Geada no último dia de inverno causa prejuízo a agricultores

Milho e trigo foram afetados
Por: -Aline Merladete
1105 acessos

Para quem está se despedindo dos dias frios de inverno, a semana fria está bastante agradável. Mas essa não é a realidade para aqueles que dependem da agricultura.  As baixas temperaturas e a geada no final do inverno é um grande problema para algumas culturas. 

Houve ocorrências de geada em Passo Fundo e também nos municípios da região. A temperatura chegou a 2°C nas áreas mais baixas. Há danos nas lavouras de trigo que já estão espigadas e de milho recém-nascidas.

Em São José dos Ausentes, o termômetro do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) marcou a mínima mais baixa do interior gaúcho, com -0,2ºC no município do norte do Estado, onde também houve a formação de geada. Já em Porto Alegre, o termômetro registrou 7,3ºC de mínima nesta terça, segundo o Inmet.

Já em Santa Catarina, produtores relataram prejuízos com as macieiras da reigão serrana, que já estavam floridas pela aproximação da primavera. Para evitar a geada, os produtores usaram um catavento para criar um ''vento artificial'' sobre as plantações. A técnica sóo funciona por que a geada se forma quando há baixa umidade do ar, noite de céu aberto e nenhum vento.

Veja abaixo os registros:

Foto: Jairo Marcos Kholrausch


Foto: Jairo Marcos Kholrausch

Foto: Jairo Marcos Kholrausch

Foto: Zelia Studzinski

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink