Geada pode ter afetado 45 mil ha de milho em MS

Agronegócio

Geada pode ter afetado 45 mil ha de milho em MS

Milho suscetível às baixas temperaturas é o que foi plantado depois do prazo
Por:
1378 acessos
A geada registrada nesta semana pode ter prejudicado pelo menos 45 mil hectares do plantio de milho no Estado, segundo informações da Fundação MS, órgão especializado em pesquisa agropecuária.

Segundo o pesquisador Roney Pedroso, o milho suscetível às baixas temperaturas é o que foi plantado depois do prazo em março deste ano, prorrogado por conta da chuva. A cultura plantada no período correto, cerca de 50% dos 950 mil hectares em MS, está em fase de maturação e por isso não é ameaçada.


“Este é um número extra-oficial e prematuro ainda. Estamos calculando as estimativas”, diz Roney. Dourados, Paranhos, Tacuru e Ponta Porã foram os municípios que registraram geada na segunda e hoje. “Alguns registraram as baixas temperaturas em um dia e outros nos dois. O segundo dia foi mais severo”, explicou o especialista.


Além do milho, as pastagens também foram prejudicadas com as geadas na região Sul do Estado e podem comprometer a alimentação do gado, que pode perder peso.

A expectativa dos produtores é a previsão de chuva ainda para esta semana. No entanto, segundo Pedro, a pastagem pode rebrotar com a chuva, enquanto o milho atingido não será mais recuperado.

A geada e a estiagem eram apontados como fatores de risco na produção do milho safrinha que foi plantado tardiamente neste ano. A colheita do milho está prevista para o fim de julho e início de agosto. 

Com informações do Campo Grande News

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink