Agronegócio

Gene transforma trigo em alimento mais rico

Gene de um parente selvagem do trigo é capaz de tornar o cereal um alimento muito mais rico em proteínas e minerais
Por: -redação
4 acessos

Pesquisadores nos Estados Unidos e em Israel identificaram um gene de um parente selvagem do trigo capaz de tornar o cereal um alimento muito mais rico em proteínas e minerais do que é hoje. O achado, dizem os cientistas, pode ajudar a suprir a necessidade de nutrientes essenciais mundo afora -- e o melhor, sem a necessidade de transformar o trigo numa planta transgênica, que muita gente ainda vê com desconfiança.

A pesquisa, coordenada por Jorge Dubcovsky, da Universidade da Califórnia em Davis (EUA), está na edição desta semana da revista "Science". Ao estudar uma variedade não-domesticada do trigo, os geneticistas encontraram um trecho de DNA apelidado de GPC-B1 (a sigla GPC vem da expressão em inglês para "quantidade de proteína no grão"). As plantas com esse gene ativo produziam espigas entre 10% e 15% mais ricas em proteína, ferro e zinco que um grão de trigo normal.

Para testar se o gene era mesmo o responsável por esse fato, eles utilizaram uma técnica conhecida como interferência de RNA para "silenciá-lo", ou seja, impedir seu funcionamento, sem extraí-lo do DNA da planta. O resultado foi brutal: a produção de proteína, zinco e ferro das plantas modificadas caiu 30%. Além disso, elas demoravam várias semanas a mais do que o normal para chegar à maturidade, o que indica que o gene pode estar envolvido nesse processo.

Acontece que todas as variedades domesticadas de trigo possuem uma cópia inativa do GPC-B1. A função dele provavelmente se perdeu ao longo do processo de domesticação. Os pesquisadores agora pretendem introduzir o gene funcional no trigo domesticado por meio de cruzamentos guiados, de forma um pouco mais sofisticada do que a usada hoje para melhorar as variedades da planta, mas sem criar um transgênico.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink