Genética desenvolve plantas “comedoras” de carbono
CI
Imagem: Pixabay
ALTERNATIVA

Genética desenvolve plantas “comedoras” de carbono

Um dos principais objetivos do trabalho do IGI será modificar a fotossíntese
Por: -Leonardo Gottems

Uma nova pesquisa no instituto por Jennifer Doudna, co-inventora e vencedora do Prêmio Nobel pela técnica CRISPR, visa criar "plantas famintas" de carbono de crescimento mais rápido usando a ferramenta de edição de genes. Isso levaria a uma maior produtividade e alimentos, ao mesmo tempo em que ajudaria a combater as mudanças climáticas.

O Innovative Genomics Institute (IGI), um grupo de pesquisa em Berkeley, Califórnia, fundado pela co-inventora do CRISPR, Jennifer Doudna, anunciou um novo programa para usar a revolucionária ferramenta de edição de genes em plantas para aumentar sua capacidade de armazenamento de carbono. O programa inicial terá duração de três anos e é financiado por uma doação de US$ 11 milhões da Fundação Mark Zuckerberg e Priscilla Chan.

A pesquisa faz parte de um esforço crescente dos cientistas para encontrar maneiras de sugar o dióxido de carbono já existente na atmosfera para retardar as mudanças climáticas. Aumentar as habilidades naturais das plantas para absorver o dióxido de carbono poderia, se feito em grande escala, ajudar a reduzir as temperaturas máximas em um mundo em aquecimento.

Um dos principais objetivos do trabalho do IGI será modificar a fotossíntese para que as plantas possam crescer mais rápido, diz Ringeisen. Ao alterar as enzimas envolvidas, os pesquisadores conseguiram eliminar reações colaterais que consomem energia, incluindo algumas que realmente liberam dióxido de carbono.

Mas a fotossíntese é apenas metade da história, porque o carbono das plantas geralmente retorna ao ar depois que as plantas são comidas por micróbios do solo, animais ou pessoas. Manter o carbono no solo, ou encontrar outras maneiras de armazená-lo, é pelo menos tão importante quanto capturá-lo em primeiro lugar.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.