Gestão da atividade rural em debate em Goiás

Agronegócio

Gestão da atividade rural em debate em Goiás

Curso de dois dias sobre gestão da propriedade rural teve início ontem na sede da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Goiás
Por:
365 acessos

Com o apoio da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Goiás (Faeg), teve início ontem, na sede da entidade, um curso de dois dias sobre gestão da propriedade rural. O evento é promovido pelas empresas associadas Vet-Maxi, de assistência técnica em criatórios de bovinos de corte; e Gespec, especializada em consultoria e gerenciamento de propriedades rurais.

O médico veterinário Emanuel da Silveira Faleiros, sócio das empresas e um dos organizadores do evento, diz que o objetivo central do curso é o de convencimento do produtor rural de que é preciso dar um caráter de negócio à sua propriedade.

Ele diz que é preciso banir a antiga visão da propriedade rural como um hobby, local de lazer, ou de mero bem de família a ser preservado. Hoje, é vital que o produtor veja sua propriedade como uma empresa que, como tal, precisa ser gerenciada a partir de conceitos e métodos modernos para que possa ser rentável.

“Ninguém mantém um negócio para perder dinheiro e em situação de margem de lucro reduzida, qualquer erro pode ser fatal para a negócio”, diz o técnico, lembrando que muitos produtores não se atentam para questões básicas da propriedade, como a capacidade de suporte de suas pastagens.

Leis trabalhistas
Conforme Emanuel Faleiros, parte do curso diz respeito ao gerenciamento de recursos humanos na propriedade rural, desde a contratação em conformidade com as leis trabalhistas até o treinamento dos funcionários como um investimento no negócio.

O consultor em pecuária, Tiago Arantes, um dos palestrantes de ontem, diz que antes o produtor rural bastava ter um conhecimento técnico básico e alguma habilidade comercial para que pudesse sobreviver na atividade. Segundo ele, o produtor precisa atuar com profissionalismo e estar permanentemente atualizado. Além disso, é preciso dar atenção à qualificação da mão-de-obra, um dos fatores importantes no sucesso da gestão da propriedade.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink