Gigante das telecomunicações investe em suínos
CI
Imagem: Pixabay
APOSTA

Gigante das telecomunicações investe em suínos

Softwares de reconhecimento facial que identificam os porcos individualmente
Por: -Eliza Maliszewski

A gigante chinesa das telecomunicações Huawei teve uma queda expressiva de mais de 40% na venda de smartphones no último trimestre do ano motivada pela sanção do então presidente norte-americano Donald Trump que impediu o acesso a componentes para a fabricação de aparelhos 5G, limitando a produção apenas aos 4 G. 

A baixa no faturamento acendeu uma oportunidade de investir a tecnologia na produção de suínos. A inteligência artificial da empresa está colaborando com a modernização das fazendas de criação de porcos. Hoje, a China possui a maior indústria de suinocultura do mundo e abriga metade dos suínos vivos do planeta.

A IA é utilizada para detectar doenças e rastrear os animais. Combinada com softwares de reconhecimento facial que identificam os porcos individualmente, ela também ajuda a monitorar o peso, a dieta e os exercícios. “A suinocultura é mais um exemplo de como podemos revitalizar algumas indústrias tradicionais com novas práticas de tecnologia da informação. Então, criamos mais valor para as indústrias na era 5G”, explica o porta-voz da Huawei.



 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink