Goiás na Frente investe em desenvolvimento rural sustentável e agricultura familiar
CI
Investimentos

Goiás na Frente investe em desenvolvimento rural sustentável e agricultura familiar

O Goiás na Frente investe R$ 27,1 milhões nos projetos da Emater
Por:

Quatro projetos voltados para extensão rural e atividades correlatas ao desenvolvimento rural sustentável estão sendo executados por meio do Goiás na Frente. As ações estão sob a responsabilidade da Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater).

“É um grande avanço. Teremos condições de avançar ainda mais no fortalecimento desta importante área para os goianos”, avalia o vice-governador e coordenador-geral do programa, José Eliton. “Somos um governo que constrói e que procura sempre levar benefícios diretos para a população. Isso é o que nos motiva”, diz o vice-governador.

O Goiás na Frente investe R$ 27,1 milhões nos projetos da Emater. Destaque para as obras do Centro de Inovação Rural de Goiás. Além de seis unidades laboratoriais, o complexo reunirá – no mesmo local -, a estrutura central administrativa, de assistência técnica e de pesquisa agropecuária.

Neste mesmo projeto, está prevista a reforma do Centro de Treinamento (Centrer). Localizado no Campus II da Universidade Federal de Goiás (UFG), já conta com espaços didáticos, auditório e hospedaria, que serão ampliados e revitalizados. As obras do Centro de Inovação Rural estão estimadas em R$ 8 milhões.

O Goiás na Frente também prevê a construção da nova sede da Emater, com investimentos de R$ 13,5 milhões. “Ao fortalecermos a entidade, estamos contribuindo com um novo salto de desenvolvimento para a pesquisa e a agricultura familiar. Os goianos merecem essas conquistas”, afirma José Eliton.

Cerca de R$ 4 milhões estão sendo investidos no Complexo Laboratorial. Por fim, o programa também atua na construção de galpão para instalação de uma usina de beneficiamento de sementes em Araçu, com investimento estimado em R$ 1,7 milhão.

Vale lembrar que a Emater também tem investido na reestruturação física de suas unidades no interior, com a reforma das locais e regionais.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.