Goiás retoma contratos de soja verde

Agronegócio

Goiás retoma contratos de soja verde

Os produtores voltaram a negociar com as indústrias vendas antecipadas de soja
Por: -Cibelle Bouças
29 acessos
Os produtores de soja de Goiás voltaram a negociar com as indústrias vendas antecipadas de soja a preços fixados, após dois anos de "embargo" pelas esmagadoras por conta da quebra de contratos em 2003. A Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg) estima que 20% da safra nova foi contratada sob este modelo de negócios.


"O preço atual da soja é rentável em relação ao custo de produção. Mas as indústrias ainda são muito seletivas no processo de negociação", afirma Pedro Arantes, assessor de economia da Faeg. Os contratos de soja verde chegaram a financiar 80% da safra na região Centro-Oeste, mas nos últimos dois anos foram deixados de lado pelas indústrias. Na última safra, esse índice ficou em torno de 20%.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink