Governador do RS avalia crítica ao embarque de gado

Agronegócio

Governador do RS avalia crítica ao embarque de gado

representantes da indústria irão avaliar o impacto das exportações de gado em pé ao mercado gaúcho
Por:
1 acessos

O governador Germano Rigotto recebe amanhã representantes da indústria e do setor produtivo para avaliar o impacto das exportações de gado em pé ao mercado gaúcho. No entendimento do presidente da Comissão de Pecuária de Corte da Farsul, Fernando Adauto, os embarques são reflexo de uma conjuntura de preços baixos e compradores escassos. "É uma tempestade em copo d"água. Estão exportando muito menos terneiros do que saia boi gordo antes para Santa Catarina e Uruguai." O Sicadergs alega que a modalidade pode acarretar em falta de matéria-prima para abate, com risco de desemprego e fechamento de unidades. Adauto acredita que o volume é pequeno para provocar desabastecimento de matéria-prima. "Criar terneiro para vender a R$ 1,50 o quilo para o Líbano não é solução , mas, no momento, ajuda".


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink